11.1.18

Raposinhas sensuais que eu admiro - Together

TOGETHER!
Yoo minhas raposinhas sensuais, tudo melzinho na chupeta!? Comigo vai tudo na tranquilidade e como sempre sem grandes novidades... Por enquanto, pois estou escrevendo esse post na semana em que irei viajar, e aqueles que me acompanham sabem o que viagem + minha família resultam, certo!? EM TRETA, não digo treta de briga, mas treta de coisas bizarras acontecendo (vulgo, passar 7 horas num carro junto com uma cadelinha sofrendo de diarreia e um pai usando Rexona como purificador de ar)... É, me desejem boa sorte, aliás, boa sorte em dobro, pois eu estarei indo para a praia o que nos remete a minha batalha sangrenta contra as ÁGUAS VIVAS! Ô bicho desgraçado, esse daí com certeza tem pacto com o capeta... (mas eu prefiro me iludir com a teoria de que esses bichos me amam tanto que só querem um contato físico). Porém, deixando de lado as minhas futuras aventuras praieiras, hoje nós temos aquele post marotex do Together, então bora lá me redimir com vocês pelo post sobre Cross Ange e falar sobre um assunto mais sentimental e..... Err [acrescentado após finalizar o post] Sobre a parada do Cross Ange, pensei em deixar a resenha para depois e postar primeiro o que eu escrevi para o Together, pois como vou viajar essa semana, eu resolvi dar preferência ao post do projeto para não perder o prazo, já que lá na praia eu estarei isolada do mundo (vulgo sem internet), então vou tentar programar o post de Cross Ange para não deixá-los sem nada (e para evitar apedrejamentos de vocês, uma vez que Cross Ange é um anime.... Er.... Peculiar...)