29.5.16

Abuso: A que ponto nós chegamos (desabafo)

Yooo minhas raposas sensuais. Tudo melzinho na chupeta com vocês!? Comigo as coisas andam purpurinadas, pois finalmente depois de fucking um semestre EU ESTOU LIVRE DE ESTATÍSITICA! MUAHAHAHAHAHAHA, parafraseando a Shana: é para glorificai sentado, pois os pés e as mãos eu uso para aplaudir. Na boa, agora só temos a última prova da matéria e ADEUS! Na boa, a felicidade toma conta do meu ser <3... Porém, como eu pago uma de masoquista, a minha pessoinha resolveu se meter nas tretas de experimentação, no qual a base da matéria é toda em cálculos estatísticos. Enfim, o negócio é que abriram as rematriculas na minha faculdade, então uma das matérias que eu escolhi fazer (no próximo semestre) foi experimentação, sendo que para fazer essa cadeira eu tinha como pré-requisito estatística. Fora isso, o meu irmão mais novo fez aniversário esses dias, e a critaturinha ganhou um fucking PC Gamer dos meus pais de presente, ou seja, adivinhem quem irá poder voltar para o mundo dos games!? YES, HINA-CHAN \O/, pois desde que meu play2 morreu, eu tive que largar de mão essas coisas (e o meu notebook curte pagar uma de revoltado comigo). Okks, o presente é do meu irmão, mas os anos em que eu o deixei jogar play2 finalmente servirão para algo O/ Aliás, ontem eu já comecei a jogar Alien Isolation <3 Porém, mudando de assunto, hoje eu resolvi meter umas tretas por aqui, pois além desse assunto fazer um gancho marotinho com o meu post passado (www), eu também já pretendia postar algo sobre esse tema (e eu também ando numa vibe meio treteira :v). Sendo assim, #PartiuPost.

Abuso: Isso não é mimimi
Antes de tudo, vamos as nossas contextualizações: Para aqueles que não sabem esses dias uma adolescente foi abusada por trinta homens no Rio de Janeiro, e como se não bastasse, os caras tiraram fotos, fizeram vídeos e postaram tudo na internet, onde se vangloriaram do crime cometido.

Eu sei que há uma galerinha contra conversas sobre esse tema, sei também que existe uma caralhada de gente dizendo que a parada do abuso foi mentira, que a garota era não-sei-o-que, ou seja, sei que alguém pode estar lendo isso querendo cozinhar o meu corpinho no caldeirão do tio capirotinho. Mas, segura esse exorcismo, e leia o post até o final, pois eu pretendo desmistificar algumas coisas que estão sendo ditas e tentar trazer um terceiro raciocínio, no qual possa fazer sentido para você (então, se você quiser queimar a minha alma no inferno, pelo menos leia tudo até o final, obrigada <3).

 Ela mereceu isso por X motivo
Então, vamos começar o raciocínio: Okss, ela pode realmente não ser uma pessoa completamente de bem, ela pode ter algum envolvimento com traficantes, ela pode ser puta, ela pode ter ido não-sei-onde por livre espontânea vontade, ter se relacionado com as pessoas erradas, pode ter tirado fotos com armas, pode ter tomado um porre, se drogado ou ter mandado aquele +4 no Uno... Mas, em nenhum momento isso justifica ou dá motivos para ela ser abusada, pois o que ela faz ou deixa de fazer da vida, é problema exclusivo dela e de mais ninguém. Não existem motivos plausíveis para se estuprar uma pessoa, afinal o corpo é dela, então apenas essa pessoa pode decidir quem pode ou não tocar o seu corpo. "Ain você está defendo ela, tá colocando uma bandida como vítima" Vamos com calma: 

Eu só estou usando esse caso do Rio de Janeiro como um ponto de partida para comentar e desmistificar um monte de coisas sobre abusos. Se essa garota estiver envolvida com algum bandido ou aprontou alguma coisa, então ela com certeza tem que responder pelos seus atos, mas deixem isso com os órgãos responsáveis pelo assunto. Eu sei que no Brasil a impunidade acaba prevalecendo na maioria das vezes, e isso gera raiva em nós. Eu já pensei centenas de vezes em como criminoso X merecia sofrer o mesmo que fez para as suas vítimas ou que merecia "pagar por seus pecados". E pelo fato da nossa segurança ser muito carente, nós tentamos encontrar uma solução para frear esse caos, sendo que a "justiça com as próprias mãos" é quem traz de imediato o resultado que buscamos. Portanto, acabamos seguindo a lógica "Ela é uma criminosa / Ela tem envolvimento com bandidos, então apenas está pagando pelo que fez". Entretanto, essa lógica só leva a uma série de outros problemas, como a propagação da ideia de que por determinado motivo a pessoa deva ser abusada como uma forma de "correção" (além de nos levar a mais violência).

"Ain, mas essa menina queria isso" Se isso for verdade, então okss, ela conseguiu o que queria, ou seja, isso é problema dela. Não cabe a nós dizer se ela foi vítima ou não, se ela quis isso ou não, se é tudo mentira ou não. Pois, o problema não é sobre quem essa garota era (até porque a vítima precisa de espaço e privacidade num momento desses), ou sobre o histórico desses homens: O problema real está no fato de trinta pessoas terem achado isso tão normal ao ponto de postarem vídeos na internet e se orgulharem do que fizeram: A questão chave é a forma como esse tipo de comportamento está se tornando algo do "cotidiano". Da mesma forma que esses trinca caras acharam super normal fazer uma coisa dessas, existem mais centenas de pessoas que também acham isso, que pensam que abuso é mimimi, vitimismo, quem foi abusado mereceu por determinado motivo, ou que é coisa que só ocorre em periferias com pessoas envolvidas no mundo do crime............. NÃÃAAAOOOOO! 

Cultura do estupro não existe
No momento em que há pessoas que se orgulham desse ato, que postam nas redes sociais o que fizeram, no momento em que existem centenas de mangás levando o abuso como algo "fofinho" / "foi apenas uma crise de ciúmes" / "ela tava gostando", no momento em filmes / novelas tratam isso com leviandade ou que há piadinhas na internet sobre o assunto, então existe sim, uma cultura do estupro. 

"Ain, mas se essa notícia dos 30 homens está espantando as pessoas, então significa que isso não é algo comum"...Errado! O que não é comum são fucking 30 caras fazerem isso ao mesmo tempo, mas o ato em si, infelizmente já é mais do que comum: Todos os dias há pessoas e pessoas que sofrem abusos sérios, e é por isso que a história dos 30 caras foi para os jornais e os demais casos, de tios / marginais / ex-companheiro que abusou fulainho não foram para as mídias, pois isso já se tornou notícia desgastada, já é algo do nosso cotidiano. Ou seja, assuntos sobre pessoa X que foi estuprada já não causam mais o mesmo impacto como anos atrás, pois TODOS os dias isso acontece, pois já existem mulheres que evitam cruzar com homens pelas calçadas, já existem homens que tentam passar dos limites com determinada pessoa, mesmo que essa esteja acompanhada, já existem mães que estão orientando seus filhos a não usarem determinada roupa, já que pode ser um "chamariz" para algum molestador.... Eu entendo, que para todo local exista uma conduta de vestimenta, eu entendo que usar um short "calcinha" é ridículo e passa um ar de vulgaridade, porém isso é um problema de conduta social, falta de educação (pois convenhamos que ir numa escola com um shortinho mostrando tudo chega a ser falta de respeito). Mas, vestir roupa X não justifica em nada abusar de uma pessoa, aliás, essa atitude é completamente análoga as pauleras que ocorreram nas manifestações pró-Dilma / Contra-Dilma, no qual a pessoa apanhava se estivesse com roupa verdade-amarelo / vermelho... Percebem o quão idiota isso soa!? Parece um absurdo as pessoas apanharem por causa de roupa, certo!? Então, imagine o quão máximo de absurdo é  um homem / mulher ser abusada por causa de vestimenta. "Ain, mas não dá para controlar a vontade"... Então, vai lá num cantinho e bate uma, e NÃO ABUSA DA PESSOA NÉH! Problema resolvido, passa a vontade, a pessoa não passa por um puta trauma e nem corre o risco de pegar uma doença sexualmente transmissível.

Mimimi feminismo / feministas são contra os homens
Vamos com calma, respira fundo, toma seu toddy e vamos esclarecer certas coisas: Feminista é uma coisa, pessoa EXTREMISTA é outra coisa bem diferente. As feministas não querem ser superiores aos homens e muito menos cultivar o ódio contra os mesmos. Pelo contrário, o feminismo apenas quer evitar casos de abusos, apenas querem dar a devida liberdade para mulheres e HOMENS andarem com segurança pelas ruas. O movimento prega a igualdade e bem estar de vida tanto para mulheres quanto para homens, pois há vários casos de garotos que também sofreram abusos, aliás, isso é mais comum do que se pensa. O problema é que se para mulher já é difícil denunciar, para os homens acaba sendo muito pior devido a toda a nossa cultura, pois acabam surgindo interpretações de que o cara era "viado", "não foi abuso, ele que era gay" (o que acaba sendo também uma falta de respeito com o a galerinha homossexual). Enfim, essas loucas que pregam ódio aos homens, que mulher é um "ser superior", ou que ficam falando que querem estuprar um cara por ele ser lindo (vulgo isso aqui), que é desaforo o homem querer pagar a conta num encontro, são pessoas extremistas que possuem uma visão equivocada de feminismo (na boa, quem não quer ter uma janta paga!?), o homem pagar uma janta é apenas uma questão de cavalheirismo / educação, não é que ele esteja querendo se colocar acima da mulher (mas isso é assunto para outro post). Voltando ao assunto, feministas não querem colocar toda a culpa nos homens, pelo contrário, se um homem estiver sofrendo com abusos ou com qualquer discriminação, o movimento também se mobiliza para ajudá-lo. Essas mulheres que pregam ódio e tentam jogar a culpa num lado só, generalizando tudo, são pessoas extremistas (vulgo meio lokas).

São estupradores porque são homens
Algo de errado não está certo... Quando há esse tipo de discussão é comum aparecer muita mulher falando horrores sobre os homens, como se todos tivessem culpa pelo que aconteceu, ou como se todos apoiassem isso. É necessário entender que estuprador é uma coisa, e homem é outra coisa BEM DIFERENTE. Molestador é uma pessoa sem carácter que sente prazer em ferir a dignidade da outra pessoa, e não, estuprador NÃO tem problemas psicológicos (pode haver alguns casos, mas boa parte sabe muito bem o que está fazendo). Além disso, há também mulheres que abusam de homens e crianças, ou seja, gênero não tem nenhuma relação com ser ou não estuprador. Isso vai de pessoa para pessoa, ou seja, culpar os homens pelos casos de abuso é errado, pois os culpados foram aqueles que praticaram o crime. Há vários caras sérios, que estudam, trabalham, possuem uma família (ou querem formar uma) e que condenam tanto quanto nós a prática do estupro. Portanto, nada de generalizações.

Mas é tudo mentira, os trinta caras fizeram porque a garota queria
Como eu já disse, a discussão não é sobre a veracidade da notícia, eu só usei ela como um gatilho, um ponto de partida para a discussão. Se ela queria aquilo, se ela foi lá com os caras sabendo o que iria acontecer, então é problema dela, aliás, acaba sendo menos mal, pois significa que não houve abuso (e a princípio nenhum trauma e talls). Mas, ainda assim disponibilizar essas imagens na internet e ver pessoas apoiando isso...Esse é o verdadeiro problema e o verdadeiro motivo para a discussão. 

"Ain, mas tem muita gente que faz mimimi, exagera" Sim, eu concordo, há pessoas que no menor toque (mesmo que esse seja inocente) se assustam e fazem o alvoroço. Há aquelas pessoas de má fé que sempre estão tentando se aproveitar da situação ou para criar mais confusão ou para chamar atenção, MAS elas são uma pequena parcela, essas pessoas não representam o todo, ainda há uma caralhada de gente sofrendo repetidos abusos. Além disso, a pessoa que faz o dito "alvoroço" pode o fazer devido algum trauma, ou seja, por causa da experiência de um abuso passado, o que a torna desconfiada e assustada com aproximações. Então, não é um assunto "mimimi", é algo que necessita ser discutido, o problema é que no Brasil qualquer discussão / comoção só acontece quando o pior já foi feito.

Assistam
O casal sedução do YouTube diva mais uma vez <3 Sério, eu amo essas duas criaturinhas do Cadê a Chave e Coisa de Nerd. Mais uma vez eles trouxeram uma ótima discussão de forma simples e resumida. Além disso, notem o quão queridinho eles são se preocupando com o público infantil, dando a orientação para as crianças chamarem seus pais e perguntarem se podem ou não verem o vídeo <3 (eles tem esse costume de alertarem sobre quando alguma recomendação de filme ou jogos que eles dão não condiz com a idade das crianças).


_________________________________________________________________________________

Então ficamos por aqui. No próximo post provavelmente teremos altos choros com o término de Kamisama Hajimemashita lá no Japão, e posteriormente pretendo responder uma tag e fazer uma resenha surtadinha de Aldnoah Zero, portanto VEJAM ESSE ANIME (preciso de gente para surtar junto comigo, minha alma precisa surtar com alguém).

Bjos No Kore


10 comentários:

  1. Olá querida autora.
    Essa notícia chocou tanto o Brasil quanto o mundo, infelizmente em pleno século XXI há uma cultura tão vergonhosa como essa... Quando entro em alguns redes sociais, de cara aparece essa trágica notícia. Mas o que realmente me deixou espantada é de fato aparecerem os ignorantes comentando um montes de besteiras como: ¨Se ela estivesse frequentando a Igreja não teria acontecendo isso¨, ¨Ela tava gostando!¨ e etc. Isso não foi apenas os homens, mas até as mulheres comentaram dessa maneira. Imaginei ¨Que mundo é essa?¨, realmente foi decepcionante.
    E achei muito legal da sua parte comentar o que é FEMINISMO, tem tantas pessoas acham que esse movimento é Hitler versão feminino aff.
    Desculpe pelo longo comentário! > <
    Bjs! (sempre acompanhando!)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yoooo Manami O/

      Pois é, se eu não estiver enganada, o Brasil é um dos países com maiores índices de abusos! Cara, é só a pessoa ligar lá no lokão do Datena do Brasil Urgente, que só em SP tu vê a caralhada de abusos que acontece! Imagina no Brasil inteiro! O pior é que há policiais, delegados que acham isso besteira, que a culpada é da mulher! Aliás, uma blogueira me contou de um caso em que ela ficou sabendo, onde a garota foi na polícia denunciar um cara que estava a perseguindo. Acredita que os caras falaram "Mas talvez tu deu esperança demais para esse cara?"......WHAT! ESPERANÇA ONDE MEU FILHO!? A GURIA TÁ SENDO PERSEGUIDA, TÁ PEDINDO AJUDA E FAZEM AINDA GRACINHA!?

      O problema é que as pessoas se confundem, acham que abuso acontece devido ao funk, e essas coisas de usar roupa curta, tipo piriguete. Porém, a verdade é que o funk é uma consequência dessa cultura do estupro! Véi, eu já vi gente escutando cada besteira......

      Obviamente o problema não está apenas no estilo musical, há toda uma série de coisas que juntas dão nessa confusão toda.

      Sobre o caso em específico (da guria do RJ), as pessoas ficam postando um monte de coisas sem nem terem certeza se é verdade ou não. Nesse momento deveriam deixar a garota em paz, para que ela resolve os problemas e pronto. Parece que boa parte do pessoal está saindo da verdadeira discussão que é o Abuso, e não a veracidade dessa notícia. Se for ou não verdade, isso cabe as investigações e polícia provarem se ocorreu ou não. Porém, o povo fica inventando um monte de besteira =/

      É sempre bom explicar o que é feminismo, pois geralmente o pessoal pensa que feminismo é o oposto de machismo, o que de longe não é verdade. Enquanto o machismo é uma discriminação, o feminismo só busca uma igualdade e harmonia, apenas isso. E ele não defende apenas mulheres, defende homens também!

      shaushuashuashu, vish tu num viu nada do que é comentário longo! Aqui tu pode falar pelos cotovelos, rola cada textão <3

      Kiss

      E obrigada por sempre acompanhar >/////<

      Excluir
  2. Hina-chaaan! Como eu sou mais rápida pra comentar em outros blogs do que responder os comentários do meu próprio blog (uns 3 posts atrasada, socoarr), aqui estou eu!

    AEEEEE nem acredito que você está livre dessa matéria horrenda! Ufa, nada melhor do que essa sensação! E nossa, que presentão que seu irmão ganhou heim! O meu PC é desses também, porém eu uso mais pra trabalho do que pra jogar, não gosto de ficar instalando e rodando muita coisa pra não sobrecarregar muito o bichinho D; E aliás preciso instalar um antivírus melhor, to ficando com medo porque ando baixando muita coisa ~aloka dos downloads~

    Não conheço esse Alien Isolation, mas do jeito que fico viciada quando começo a jogar algo, melhor ficar longe, senão adeus vida! Aliás, eu só tenho vida porque por algum motivo o The Sims não instalou no meu pc, senão já era.

    Agora sobre as tretas malignas e o post em si, achei engraçado que eu acabei de falar sobre isso lá no meu post (só que bem menos, foi só um comentário), e você até já comentou lá também hauhauhahauha

    Eu não consigo acreditar quando alguém diz que o estupro é justificável por qualquer motivo que seja - não, estupro não se justifica, estupro é um crime, é algo doentio e ninguém, repito, ninguém merece passar por isso, por pior que a pessoa seja. E é como você disse, vira uma bola de neve quando alguém quer fazer justiça com as próprias mãos, afinal é uma violência que vai continuar e continuar e continuar... Indefinidamente. É pra isso que existe a lei, o tribunal, a justiça - para encontrar uma forma justa de punir os criminosos; e se ela não funcionar, pois infelizmente não funciona em muitos casos, não é com nossas próprias mãos que vamos resolver isso. Já dizia o Seu Madruga: "A vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena". (maior filósofo de todos os tempos *aplaudindo* -q)

    Sobre o próximo tópico, meu deeeeus, eu li cada absurdo nessa internets nos últimos dias que senti vontade de virar um caqui! Eu li textos dizendo que a cultura do estupro não existe e que na verdade todo o ocorrido foi culpa do Funk. Err... Amigo, vamos com calma. Funk é uma bosta? É. Funk é uma coisa que não deveria existir? É. Funk influencia as pessoas a fazer muitas merdas? Influencia. Mas o funk não é a causa - ele é a consequência. O funk existe JUSTAMENTE por conta da cultura do estupro, da putaria, do machismo, etc - e convenhamos que não é só no funk, muito menos só na favela, muito menos só no Brasil que isso existe, né? Então, por mais bosta que seja o funk, ele não justifica o que aconteceu e não tira a culpa dos 30 criminosos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sobre as "feministas serem contra os homens", como pode esse pensamento tão ridículo, né? As pessoas tem que saber separar extremistas de feministas, até porque é uma ou outra doida que fala essas bostas, mas a grande maioria sabe o objetivo do feminismo e não fica falando essas coisas loucas por aí. Ainda assim, insistem em usar isso contra as feministas, e depois reclamam de ser generalizados. Aliás, claro que generalizações não são nada boas em argumentações, a não ser quando embasadas por dados estatísticos.

      Existe aquela frase muito esquisita: "todo homem é um estuprador em potencial" e eu sinceramente até hoje não a entendi, quer dizer, obviamente não concordo com ela, mas algumas pessoas já tentaram explicar que ela não deve ser entendida literamente e talz... A questão é que, óbvio que muitos homens são decentes e inclusive feministas e, enfim, nunca praticariam um ato tão horrendo. Assim como existem mulheres que podem praticar estupro também, como você bem disse! Apesar de a maioria dos casos ser, comprovadamente, um homem abusando de uma mulher. Independente disso, tem gente que diz "ah, eu morro de medo de ver um homem andando perto de mim na rua" ou "ah, você não pode confiar nem nos homens mais próximos a você". Aí é que entramos no extremismo, porque espera aí, não posso confiar numa pessoa só pelo fato de essa pessoa ser homem? Só com isso já se aumenta o preconceito e o sexismo, porque não se deve ver qualquer homem como "vilão". Poxa, eu nunca tive nenhuma desconfiança com relação a meu pai, meu irmão, meu sobrinho, meus tios, meus namorados, muitos de meus amigos. Porque não importa se são homens ou não, eu confio neles e pronto. Bem como confio nas mulheres da minha vida, não é porque elas são mulheres, mas sim porque são pessoas que eu conheço e sei muito bem de sua personalidade e caráter. Então parou essa coisa de achar que todo homem é abusador, todo homem é machista, todo homem é tudo de ruim. Elas conhecem cada um dos bilhões de homens do planeta, por acaso? Então, né.

      Mas aí só quero adicionar mais um ponto: sim, generalizar é errado. Mas, usar isso como argumento contra feminismo também é. Porque querendo ou não generalizamos tudo, o tempo todo (acabei de generalizar estratosfericamente nessa última frase) - e às vezes o argumento não pode ser invalidado por conta disso, porque sabemos que é fato. Então acho que cada caso deve ser analisado e tudo isso deve ser pensado, não apenas pensar "generalizar nunca"/"generalizar sempre" ou qualquer outro pensamento extremo demais.

      Eu também não sei o que é verdade ou não, porque já vi tantas versões da notícia que ainda estou digerindo hauhauahuhaha Mas é como você bem disse - o problema nem é o que aconteceu lá ou quem era a garota, mas sim o fato dos caras acharem normal e muitas outras pessoas gostarem desse tipo de coisa. E concordo totalmente com isso: "Além disso, a pessoa que faz o dito "alvoroço" pode o fazer devido algum trauma, ou seja, por causa da experiência de um abuso passado, o que a torna desconfiada e assustada com aproximações." - não dá pra julgar também, né?

      Ainda não assisti o vídeo que você colocou no fim do post, mas já deixarei aqui meu comentário e depois vou lá assistir! <3

      Olha, eu já baixei Aldnoah Zero, mas tá lá no fim da lista, acho que demorarei pra assistir D;

      Bye! o/

      Excluir
    2. YOOOO HELO \O/

      MUAHAHAHAHAHAH SIM, TÔ ME LIVRANDO DESSAS CAPIROTAGENS DE ESTATÍSTICA \O/ (o problema é que eu peguei uma treta maior chamada experimentação Ç.Ç). Enfim, o PC do meu irmão foi feito justamente para aguentar uma caralhada e ser sobrecarregado shaushuashua. Tamu tacando vários jogos <3 Mas, o único problema é que eu tive vídeo-game a minha vida inteira, portanto eu tô acostumada a jogar com controle e não com teclado e mouse Ç.Ç

      O do Alien é um game mais de ação. Tu tá presa numa nave espacial e tem que descobrir as tretas que tão acontecendo por lá, enquanto tem uns robôs lokos e um Alien querendo o seu corpinho! É bem bacanudo, e foi baseado nuns filmes. O gráfico é incrível e jogo te taca uma tensão muito loka!

      shaushuashuahs seu madruga filosofando mais do que Sócrates! Na boa, a gente deveria estudar o seu madruga e não platão, socrátes, descartes em filosofia shaushuashua.

      ENFIM, é isso mesmo, no final vira tudo uma bolotinha de neve e uma avalanche! Claro que como todo mundo eu fico muito PUTA com esses bandidos que fazem um monte de merda e no outro mês já estão livres. Eu sinto vontade de arrancar as tripas desses caras! Mas, na prática iria virar uma zona total! Infelizmente o único modo de reverter é melhorando a segurança, as prisões, fazendo programas de reintegração, ou pelo menos um presídio que comporte o povo e consiga suprir uma pena eterna. E obviamente melhorando a educação, mas isso infelizmente não se resolve do dia para a noite =/

      Excluir
    3. EXATAMENTE! O funk é toda uma consequência dessa treta toda. Ele tem toda uma pegada que desvaloriza ao máximo a mulher, tratando ela como um objeto. Cara, só pegarmos aquela louca da MC Melody! Uma criança de oito anos, rebolando para um bando de machos mais velhos! A garota nem sabe o que está fazendo, é uma criança que está sendo exposta ao máximo como se fosse um brinquedinho deles.

      O pessoas faz confusão de feminista com extremista. Aliás, muitas mulheres que saem gritando esse monte de baboseira, nem feministas são! Geralmente é um bando de loucas que brota do nada. Mas, como elas falam em "defender mulher" / "ódio aos homens" e blá blá blá, muitos acabam associando elas ao movimento, O QUE NÃO TEM NADA EM COMUM! Pois, o movimento até mesmo procura proteger homens que estão sofrendo algum tipo de abuso (então de onde saiu toda essa história que feminista é contra macho!?.....Pelo contrário, SE ALGUM MACHO ENCANTADO ME QUISER TAMU AÍ! e-e shaushuashua)

      BOTA FRASE ESQUISITA! Homem e estuprador são coisas bem diferentes! Estuprador é um criminoso! E criminoso pode ser QUALQUER UM, TANTO MULHER QUANTO HOMEM! Para ser um abusador, não precisa ser homem, basta ser uma pessoa sem um pingo de compaixão com o próximo! Há várias mulheres que abusam de crianças por aí. "ah, você não pode confiar nem nos homens mais próximos a você"......Outra besteira que também falam! Cara, o problema não está em confiar homens, e sim, NA PESSOA ERRADA (sendo homem ou não). Aliás, quantas mulheres desonestas não existem por aí e já não fizeram um monte de merda!? Cara, a minha mãe que trabalha com comércio, já ficou sabendo de cada treta envolvendo mulher safada..... O problema é que nesses momentos, ao invés do pessoal se unir e se preocupar com o assunto, eles acabam é fazendo uma guerrinha para ver quem está mais certo, para tentarem ver quem é o mais """""""sábio""""""" e dono da """"""""verdade""""""""""

      Sim, o problema da generalização não é por causa do feminismo, e sim, por causa de umas lokas que ficam achando que homem é tudo molestador. Pois, eu vi uma caralhada de garotas (que nem eram feministas) tacando a pedra em todos os homens como se eles fossem seres de outro planeta '-'

      Nossa tá uma confusão loka! Ontem saiu uma entrevista dessa garota no fantástico, e hoje ela foi repassada no jornal. Bem, eu confesso que vendo a entrevista eu achei meio estranho a calma com que a garota falou, pensei que ela iria chorar ou talvez ter uma reação mais amedrontada, tipo voz tremida ou mais baixa. Porém, ela falou tudo de roma limpa e tranquila, o que acaba sendo meio estranho. MAAAAAAAAAAAAAAAAAAS, PORÉM, ENTRETANTO, é possível também que o choque tenha sido tão grande, mas tão grande que a ficha nem tenha caído ainda e ela esteja tão atordoada que nem sequer consegue expressar o que está sentindo. Enfim, é esperar e ver no que tudo isso vai dar. (eu sinceramente espero que seja mentira, pois assim significa que a garota não sofreu um trauma horrível desses e não ficará com uma marca dessas na vida dela).

      MANU, VEJA ESSA LINDEZA DE ALDNOAH <3 Véi, levei cada revelação bombástica nessa desgraça! Era de ficar de boa aberta com as bombas que caíam!

      kiss

      Excluir
  3. Yo, Hina-chan! Adivinha quem está back to the blogosfera? Ieeeu!!!!

    Fico feliz que você tenha se livrado de estatística (Apesar de que eu goste de estatística bastante, na verdade) e que esteja de volta ao mundo dos games! Pra mim, o PS2 e o primeiro playstation foram safras de games maravilhosas e que deixaram muita saudade mesmo (Não desmerecendo a geração atual, lógico)

    Cara, sobre essa coisa que aconteceu com essa menina, eu só digo uma coisa: dá pra alguém me explicar porque só agora a mídia se mobilizou de fato em relação ao estupro? Dá pra explicar porque só agora o estupro está sendo tratado com mais seriedade? Pra início de conversa: se desde que aumentaram, ou pelo menos deram sinais de aumento dos estupros no Brasil alguém aí desse maravilhoso governo e dessa maravilhosa legislatura que nós temos tivesse pensado nisso com maior responsabilidade, quem sabe esses criminosos não estariam tão impunes assim! Se nós possuíssemos uma lei firme, uma lei que funcionasse de fato dentro do país, quem sabe até esse estupro com essa jovem não tivesse ocorrido. Essa é a minha visão do caso, pelo menos....

    Essa cultura do estupro só é pior por conta da forma com a qual as pessoas tratam dela. E o pior não é nada, mas existem muitos casos (Não estou me referindo a esse da menina e dos trinta estupradores) em que mulheres que sabem o peso que a palavra "estupro" remete na nossa sociedade usam disso para incriminar outras pessoas, sem que nada tenha sido feito (Meio que nem que igual na história de José, lá na Bíblia), e isso é preocupante; Já imaginou uma pessoa inocente ser apedrejada pela sociedade por causa disso? Ou pior, as mulheres que são violentadas e passam a ser tratadas como putas na rua ~Que no caso, isso é mais comum que a primeira coisa que eu falei~, o que é uma triste realidade.

    E o pior dessa questão não é nada: muitos meninos nesse nosso mundo afora sofreram pedofilia, isso de homem ou mulher, parente ou nao; Mas ninguém lembra que pedofilia é um sinônimo de estupro ~em alguns casos~ também! E aí, como fica? O bom de falar sobre essas questões é que, de quebra, pode se abordar outras semelhantes, e por mais chato que seja de falar de assuntos assim, é bom pra refletir.

    Agora que você falou em jogos, me passou pela cabeça Rule of Rose, que foi um game deveras polêmico, por abordar essa questão da pedofilia-estupro, sexualidade e, o assunto mais polêmico de todos, que foi a homossexualidade na infância. Eu estou a fazer este post de Rule of Rose, e creio que ele será bastante interessante dando foco nesses casos.

    Kissus ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. YOOOOO LIVES O/

      RETORNOU DIVANDO PARA ESSE MUNDÃO \O/

      MUAHAHAHHAHAHA ME LIVREI DESSA CAPETARIA \O/ (mas ainda tenho várias pauladas para lidar Ç.Ç).

      YES, ESTOU DE VOLTA AO MUNDO DOS GAMES O/....Bem, eu ainda preferia ter um play4 para mim, mas okkss, o PC do meu irmão já quebra um galho!

      Cara, Play2 foi uma época mágica <3 Eu tinha vários jogos que eu amava, como naruto ninja ultimate 5, um cd com os jogos do Super Nitendo e todos o marios clássicos <3 Cara, eu tinha um game muito bom do Sonic, chamado Sonic Heroes...... MEU,EU AMAVA ESSE JOGO <3 Dava para escolher vários times diferentes, e cada mundo do game era único, cheio de detalhes e coisinhas <3 Outro que eu amava era Klonoa 2 <3 Esses games de ação dividido em mundos eram os meus favoritos <3

      EXATAMENTE! ME ABRAÇA LIVES SUA LINDEZA <3 O problema é que só estão falando desse caso e de abuso agora, porque é notícia nova a parada dos 30 caras! Pois, todo mundo já sabe como termina a história do fulaninho que foi abusado durante a noite enquanto andava na rua / ou que foi abusado por familiares / ou que foi abusado no trabalho / escola e assim por diante. Porque esses abusos envolvendo um único esutuprador, já deixaram de ser novidade e infelizmente já se tornaram algo tão comum, mas tão comum no cotidiano, que os jornais não noticiam mais, pois possuem coisas """"""""mais interessantes"""""""" para mostrar. Porém, como dessa vez 30 caras de uma vez é novidade, tá tudo quanto é jornal mostrando, porém se isso ocorresse com mais frequência, logo não veríamos ser mais noticiado =/ Infelizmente para ter alguma discussão por aqui, sempre tem que acontecer o pior.

      "em que mulheres que sabem o peso que a palavra "estupro" remete na nossa sociedade usam disso para incriminar outras pessoas, sem que nada tenha sido feito"....... GAROTA VEM AQUI E ME ABRAÇA ETERNAMENTE! SENHOR, ALGUÉM ME ENTENDE NESSE PONTO! Meu deus, EXATAMENTE! Tipo, muita gente cai em cima dessas pessoas que falam que abuso é tudo besteira....Oksss, não estou defendo esses retardados, realmente dizer que abuso é mimimi é o maior absurdo que alguém pode falar! É uma falta de compaixão com o próximo sem comparação. Porém, por um lado eu até posso compreender, pois tem muita mulher que sabe sobre o peso desse assunto e usa disso para se aproveitar das coisas, o que acaba gerando uma descrença enorme nas pessoas. Acho que boa parte desse povo que é contra discussões sobre abuso, são contra, pois já estão desacreditadas, pois já devem ter visto muita gente pegar o sofrimento dos outros para se aproveitar e passar por cima das coisas =/ Infelizmente essas pessoas desonestas acabam estragando toda a realidade daqueles que realmente sofreram abusos, causando discriminação com os mesmos!

      Sim, por exemplo: Eu vi por aí, que na Europa (Espanha, se eu não estiver enganada), um garoto foi abusado, porém disseram que não foi estupro, pois o garoto era gay...... OI!? Ou então esse povo que acha que pedofilia não existe, que tá de boas pegar garotinhas e garotinhos, pois isso """""""ajuda""""""""" na maturidade sexual......... SENHOR, COMO ASSIM! Para tudo há um tempo! NUNCA QUE UMA CRIANÇA ESTARÁ MADURA SEXUALMENTE! Isso só COMEÇA, VEJA BEM, COMEÇA LÁ COM A PUBERDADE, E OLHE LÁ! Que mesmo assim é MUITO CEDO para se dizer que está maduro sexualmente.

      Cara, eu tô curiosa pakas com Rule Of Rose, isso é game de PC, certo!? Eu tava meio curiosa para jogar, mas se tiver conteúdo mais pesado num vou poder baixar no pc do meu irmão =/ (e no meu notebook provavelmente daria bug! Ç.Ç)

      Kiss

      Excluir
  4. Tenho andado toda arrepiada com essa notícia, também passou nas notícias cá em Portugal e concordo com tudo o que disseste!
    Cá nunca vi ninguém a culpar uma vítima de abusos pela roupa, mas pelos comportamentos (hábitos, vícios, companhias, etc.) vi. Infelizmente Portugal também ainda é muito machista, por vezes ouço comentários idiotas, por exemplo, há pouco tempo ACHO que (pelo que eu percebi) estava a ser feita uma exigência, de que pelo menos 20% dos participantes no parlamente deviam ser mulheres (ou algo assim, não me lembro bem) e era suposto esses valores irem aumentando ao logo dos anos, aí na secção dos comentários do site do jornal em questão vejo um comentário a dizer algo do tipo: "A única coisa para que as mulheres têm jeito é a chegar lá de costas", fiquei sinceramente muito ofendida, gostava que as pessoas percebessem, que o cérebro, não está no meio das pernas e sim na cabeça, e essa é igual para todos!

    Unicorns and Chill
    Adventures of a Unicorn

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. YOOOOO BEA \O/

      Pô........Eu só fico imaginando a imagem que vocês portuguese devem ter aqui do Brasil! Ou melhor o que geral do mundo deve pensar, pois ultimamente é só notícia assim que anda saindo =/

      EXATAMENTE! Ainda se tem esse pensamento de que mulheres possuem um "cérebro menos desenvolvido" do que os homens, sendo que já foi comprovado que mulheres podem trabalhar tão bem quanto homens. Apenas depende da pessoa, não importa quem seja, se essa pessoa se dedicar, será um excelente trabalhador.

      Eu sinceramente não sabia que por aí ainda tivesse algum pensamento machista, mas acredito que isso esteja presente em todos os países e lugares. Mas, pelo menos por aí o número de abusos deve ser estratosfericamente menor (ou nem deve ter isso por aí). Pois, por aqui sempre tem alguém para arranjar alguma desculpa de que a vítima foi culpada: Ou por causa da roupa, ou por causa do horário, ou porque não estava andando com as pessoas corretas! Cara, okks que há uma conduta de roupa a ser seguida nos locais, mas que engraçado que há tribos indígenas em que as pessoas andam sem roupas e não ocorre nenhum abuso! Infelizmente por aqui se criou essa cultura de que existe motivo para se abusar de alguém =/

      Kiss

      Excluir